Quando o bicho pega colocam o fardo nas costas da igreja

CIRCULAR N.º 020/15
ORIENTAÇÃO DO MÊS – MINISTÉRIOS E FAMÍLIAS DOS
PASTORES
Comunicamos aos pastores e igrejas que no mês de maio / 2015 as intercessões serão em favor
dos Ministérios e Famílias dos Pastores, e terá como tema geral:
“Esforça-te, e tem bom ânimo: porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais
lhes daria.” Js 1:6
1. Orientações estabelecidas pelo Presbitério:
1ª Semana 04/05 a 09/05/2015 Madrugadas
2ª Semana 11/05 a 16/05/2015 Jejuns
3ª Semana 18/05 a 23/05/2015 Cultos ao meio-dia
4ª Semana 25/05 a 31/05/2015
Visitas aos lares dos pastores e
ungidos
2. Motivos de Intercessão para o período acima:
Lares dos pastores (esposa, filhos e demais familiares);
Ministérios (direção do Espírito Santo no governo das igrejas, sabedoria e
discernimento);
Clamor contra o envelhecimento espiritual;
Saúde;
Livramento da violência e acidentes;
Vida profissional (local de trabalho, sustento, pastores desempregados, oportunidades de
trabalho);
Preservação da família na presença do Senhor.
3. Orientações específicas para o mês:
O grupo de senhoras deverá fazer uma visita às esposas dos pastores;
O grupo de visitas dos jovens deverá fazer uma visita aos filhos dos pastores
(que são jovens);
Os coordenadores deverão, durante o mês, fazer uma madrugada com os
[16h20 30/04/2015] Vivi Silva/AL: IGREJA CRISTÃ MARANATA – PRESBITÉRIO ESPÍRITO SANTENSE
pastores do pólo ou área. No final deverá haver imposição de mãos (um grupo
orando pelo outro);
Durante o mês deverá ser celebrada ceia com as famílias dos pastores, por pólo
ou área,
Em todas as reuniões das senhoras haverá intercessões pelos pastores e
famílias,
As coordenações das áreas devem se organizar para que os pastores visitem uns
aos outros, e
Durante todo este mês os pastores deverão levar suas igrejas ao entendimento
sobre ministério.
A Paz do Senhor
O Conselho Presbiteral

###################################################################################

Deve vir por ai chumbo grosso pra cima desses caras!
Quem sera que ira visitar o lar do papa ou do pulador de cercas?
Qual senhora a frente entrara nas casas desses caras e orarem por suas esposas?

Sao sempre assim quando o bicho pega colocam o fardo nas costas da igreja para orar e jejuar por eles.

Advertisements

Uma benção agora a nova dinâmica dos meia solas!

11121733_10205727687688017_184153723_n

Uma benção agora a nova dinâmica dos meia solas!

Esse cara ai  é diácono da igreja de Barreiros. Faz parte do ministério do gestor Rodrigo pimenta.

O Wanderley é secretário da prefeitura, e o gestor é chefe de gabinete.

Os dois são amigos do deputado federal Marcelo Álvaro Antônio.Esse que foi eleito na ultima eleição Logico que o sistema que elegeu ele com os votos de cabresto dos membros.

.Ele está pregando na igreja batista central do barreiro do Pr Daniel Sampaio, eita lasqueira que a coisa agora esta assim!

Agora tudo pode, tudo é  permitido, mas só não podem sair porque senão as receitas diminuem, e quem vai arcar com honorários caros dos advogados para livrar a cara dos meia solas mercenários?

PARA QUEM ACHA QUE TUDO IA TERMINAR EM PIZZA AI ESTA

FONTE: http://seculodiario.com.br/22452/9/tjes-mantem-recebimento-de-acao-contra-dirigente-de-fundacao-ligada-a-igreja-maranata

O desembargador Robson Luiz Albanez, da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado (TJES), manteve o recebimento de uma ação de improbidade contra acusados de fraudes em convênio entre a Secretaria de Saúde (Sesa) e a Fundação Manoel dos Passos Barros, entidade ligada à Igreja Cristã Maranata. Na decisão publicada nesta quinta-feira (23), o relator negou o recurso de Marco Antônio Lopes Olsen, que integrou o Conselho Diretor da fundação. O réu negou participação em qualquer ato da entidade, porém, o desembargador entendeu pela existência de indícios de participação no caso.

No final de março, o magistrado já havia negado o recurso do ex-dirigente da fundação contra a decisão de 1º grau que recebeu a denúncia ajuizada pelo Ministério Público Estadual (MPES), além da decretação da indisponibilidade dos bens de todos os envolvidos. Naquela ocasião, Robson Albanez destacou a existência de indícios da prática de ato ímprobo até mesmo na modalidade de omissão.

“Nesse diapasão, em que pese a alegação [do réu] que apenas teve seu nome inserido no contrato social da fundação para mera composição do quadro de direção, sua participação nas condutas tidas como ímprobas – demonstração indispensável de dolo ou culpa –, não obstante sua análise diferida para o julgamento do mérito recursal, em regra deverão ser objeto de debate após a regular produção de provas e em momento oportuno, em respeito aos princípios do contraditório, da ampla defesa e do devido processo legal”, observou o relator.

Segundo o desembargador, a manutenção do bloqueio dos bens deve ser mantida: “Como asseverei na decisão anterior, neste grau de cognição sumária existe sim o risco de irreversibilidade do provimento em favor do poder público, com o agravante efetuando atos de disposição do seu patrimônio sem que tenha reservado bens para futuramente ressarcir o erário em caso de eventual condenação, noutras palavras, o perigo de mora, no caso, na verdade, mostra-se invertido”.

Na denúncia inicial (0028231-15.2013.8.08.0024), o MPES narra que os recursos públicos que seriam destinados a investimentos em projetos na área de saúde acabaram sendo utilizados de forma irregular no pagamento de despesas regulares da entidade. A promotora de Justiça, Patrícia Calmon Rangel, que assina a ação, cita que as irregularidades foram detectadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), mas foram omitidas pela cúpula da Sesa durante a aprovação das prestações de contas dos convênios. No período da gestão passada, o governo estadual repassou R$ 1,9 milhão à fundação por meio de emendas parlamentares.

Para a promotora, os ex-dirigentes da entidade – entre eles, pastores da igreja que também figuram na ação de improbidade – teriam utilizado as verbas também para “atender aos interesses políticos da fundação”. Entre as irregularidades estariam o pagamento de despesas de terceiros, aquisição de equipamentos subutilizados ou até mesmo não utilizados. Em valores atualizados, o rombo aos cofres públicos ultrapassa a casa de R$ 1 milhão.

Também figuram na ação de improbidade o ex-secretário da Saúde, Anselmo Tozi, a pessoa jurídica da Fundação Manoel dos Passos Barros, bem como os ex-conselheiros da entidade (Marildo Pagotto Cozer, Gilberto Ribeiro dos Santos, Marco Antônio Lopes Olsen, Luiz Eugênio do Rosário Santos, Marcos Motta Ferreira, Antonio Tarcísio Corrêa de Mello e Renato Duguay Siqueira) e a ex-subsecretária de Saúde, Maria de Lourdes Soares – esta que teria sido responsável pela aprovação de uma das contas prestadas pela fundação.

Triangulo amoroso

icm a11156789_734431716677041_336415772_n

A SEITA CONTINUA DESTRUINDO LARES…..

Na igreja em uma localidade chamada estação em Palmeira dos Índios em Alagoas a mulher que era professora e serva de frente largou o marido diácono, filhos e tudo mais indo morar com o bonitão (Feio para desgraçar) ai da foto, o diácono que levou chifre está na foto com a filha.

O gestor desta joça ai é o Milton e ele disse que o diácono não perderá o diaconato e eu concordo, ele nada fez, só tomou galho da mulher que era professora e serva de frente e o “sinhô” nada “revelou” antes.

Porém antes dos escandalos obreiros, pastores, diáconos e muitos outros irmãos eram afastados pelo mesmo motivo, ou seja, eram traidos e pagam o pato perdendo funções.

A “OUBRA” é dinâmica.

PETIÇÃO DE DESLIGAMENTO DIACONO EDSON MIRANDA

PETIÇÃO DE DESLIGAMENTO

No ano de 1993, recebi em nossa casa três pastores da Igreja Cristã Maranata: Pastores Augusto, Itamar e Liomário.

Me foi apresentado uma igreja.

Após um bom tempo de conversa, foi dito que a referida igreja era “orientada” pelo Espírito Santo de Deus. Era tudo que gostaria de ter ouvido, uma vez que eu precisava muito de congregar.

Iniciei minha caminhada com uma experiência muito interessante, que foi numa segunda feira. Interessante por que não houve pregação da palavra e era exatamente o que eu gostaria de ouvir.

Voltei na terça feira e a palavra foi diretamente para mim. Eu desconfiei de que o “porteiro” havia falado com o pregador sobre a nossa conversa, pois eu disse que voltaria no dia seguinte.

Então, quando estava saindo do culto na terça feira, falei com o “porteiro” que na quarta feira não poderia voltar por causa de compromissos, mas era apenas uma “armação” para verificar se realmente aquilo era “tudo orientado pelo Espírito Santo”.

Na quarta feira realmente não fui à igreja. Mas, na quinta feira daquela mesma semana, voltei e cheguei exatamente no momento em que a igreja era chamada para ajoelhar. Sentei nos últimos bancos da igreja do Bela Vista.

Os louvores falaram comigo e a palavra, mais uma vez, veio responder meus anseios. Me perguntei se era realmente aquela igreja que Deus queria que eu frequentasse.

Iniciei minha caminhada espiritual. Tinha apenas o primeiro filho dos três. Era dono de dois restaurantes e tinha muito serviço. Mas, mesmo com tantos afazeres, praticamente não perdia um culto.

Dia após dia crescia dentro de mim a alegria de servir a Deus naquela igreja.

Minha família e eu tínhamos muitas experiências maravilhosas. Não só na consulta da palavra, da direção daquilo que o Senhor queria como orientação para as nossas vidas, mas também de livramento de morte, de milagre da vida do nosso segundo filho e, sem dúvida, a cura de um câncer na tireóide com experiências maravilhosas que não cabe aqui relatar detalhes.

Eu vivia dentro das orientações do Presbitério, que tínhamos a certeza que eram “orientações do Senhor Deus”, uma vez que homens cheios do Espírito Santo estavam à frente da igreja.

Após aproximadamente seis meses, fui chamado “pelo Senhor” para o cargo de obreiro e, lá, fiz minha parte, apesar de ter um sentimento de eterno devedor.

No ano de 1997, num grande encontro da igreja, fui chamado para o exercer o diaconato, inclusive, pelo amado Pastor Itamar. Foi uma alegria imensa, uma vez que agora poderia impor as mãos sobre todos que viessem à mim necessitando de uma oração. Recebi esse diaconato com muita alegria e, acredito eu, mesmo sendo servo eternamente devedor, fiz o meu papel, pois falar da palavra de Deus era tudo que eu queria, porque certamente marcaria aquela geração de jovens e irmãos.

Na proporção que tive intimidade com os ministérios, que foram vários que passaram pelas igrejas das quais participei, crescia também a forma de cada um desempenhar suas funções. E aí começaram as divergências administrativas e as formas diferentes de tratar com as “coisas de Deus”.

Instintivamente, pelo amor que cresceu dentro do meu coração pela “obra”, comecei a questionar uma série de coisas, como, por exemplo:

Por que nossa igreja, CNPJ, não tem orientações sexuais para os jovens?

Por que tem doutrinas que são orientadas pelo Presbitério que não são cumpridas por alguns pastores e por outros sim?

Por que não temos ações sociais junto à nossa comunidade?

Por que pastor precisa de ser tratados como “rei” e não como irmãos?

Dentro dessa ótica, comecei a ganhar o titulo de “brigão e questionador”; era necessário engolir sem mastigar.

Mesmo dentro dessa ótica, nunca faltaram na minha vida experiências maravilhosas com Deus! Mesmo discordando de uma porção de situações trazidas pelo CNPJ, o Senhor Deus não deixou faltar na minha vida experiências e dons espirituais.

Nessa trajetória de vinte anos foram muitas as situações interessantes e gostaria de deixar algumas:

Num domingo o Pastor Paulo pediu que eu fosse pregar numa das igrejas que ele cuidava. Eu acabei chegando depois do clamor do culto profético, mas entrei e fiquei quietinho no anexo. Assim que acabou o culto profético, uma criança disse ao irmão que estava na administração: “Irmão, era esse irmão que eu via pregando!”.

Uma outra vez, o Pastor Adaiso me pediu que fosse levar uma palavra numa das igrejas que ele administrava. Lá, levando a palavra, citei Timóteo dentro do contexto. Isso aconteceu no sábado e, no domingo pela manhã, o pastor me chamou e disse: Miranda, você confundiu o irmão Timóteo com a cidade de Timóteo!”. Imediatamente abri minha bíblia e lá estava o script que faço antes de subir ao púlpito e disse que o “informante” certamente estava dormindo no momento da palavra.

Noutra ocasião, mandei um email para seis irmãos que eu tinha intimidade e fiz um grande comentário antes de ver um vídeo. Esse vídeo mostrava uma situação que normalmente nos leva a sentenciar, mas, na verdade, tem, no final, outra direção. Tomei dez meses de banco porque havia necessidade de “preservar a Obra”! Nessa ocasião eu quase entrei em colapso! Mas, o Senhor providenciou um irmão de Vitória/ES, que não me conhecia e ficou esperando eu chegar em casa, sendo levado por outros dois irmãos da igreja. Quando cheguei, o Senhor falou comigo em línguas e deixou o recado que foi uma “palavra acalentadora e cheia de esperança”. Infelizmente o pastor Adaiso fez um julgamento e não conhecia a causa, mas valeu a experiência!

Como diz a palavra de Deus: tudo contribui para aqueles que amam a Deus!

Batalhei e vi o crescimento da igreja na cidade e região de Teixeira de Freitas. Uma parte em especial, porque tive o privilégio de estar todos os finais de semanas em Caravelas, cidade distante 100km, durante todo o ano de 1994. É lá que está registrado a minha primeira visão!

Nesse trajeto vi irmãos e pastores partirem para os braços de Abraão, outros perderem seus ministérios e ainda outros serem “escusados”.

Vi pastores discordarem da ansiedade de mãe que apresentava o nome do rapaz que tinha a intenção de namoro e casamento e darem um “brigão”, fazendo a mãe chorar e ficar decepcionada com aquelas palavras. Mas, aquele mesmo jovem, hoje, tem uma família estruturada e abençoada por Deus.

Tive o prazer de ver a cura de uma criança que estava com febre e, após uma visita e uma oração, ser curada.

Tive o privilégio de ouvir a voz de Deus num momento de profecia curar um diácono de um mau no estômago e, logo após, ir à padaria e o irmão pedir uma coca cola!

Mas também tive a tristeza de ver ministérios serem afastados.

Também sou testemunha de “sentenças ministeriais”, dadas sob o pretexto de “preservar a obra”, afastar por quase cinco anos dois diáconos, porque entraram em dificuldades financeiras e tiveram problemas com cheques.

Vi muitas reuniões com diáconos e obreiros para orientar sobre as doutrinas da igreja.

Contemplei reuniões enormes em quadras e escolas, onde fiquei pelas madrugadas fazendo comida e arrumando tudo. Tudo era para a “obra!”.

Como era maravilhoso subir ao Maanain! Ver o pastor Gildeti falar da “obra” era algo

engrandecedor e me enchia de orgulho.

Nossa igreja passava por um momento maravilhoso e, como disse o pastor Gildeti, a Policia Federal “revistou toda a nossa contabilidade e aprendeu conosco!”. Era tudo que um servo gostaria de ouvir!

As aulas do pastor Amadeu eram diferentes. Ele fazia toda a igreja sorrir e era muito simpático e agradável!

Pagar para subir ao Maanain era um sacrifício compensador! Todas as vezes que subi, vi algo diferente construído. Isso me dava um sentimento que o “dízimo do Senhor estava sendo bem aplicado!”. Nossa igreja (CNPJ) tinha quarenta e cinco anos sem qualquer escândalo! Glória a Deus!

Quando um irmão era chamado para passar pelo grupo de intercessão, aquilo era um momento de grande expectativa! Fazer parte do grupo de intercessão era algo de grande responsabilidade, principalmente no que era orientado, ou seja, o jejum da quinta feira e os seus atos mediante a igreja e a sociedade… não poderia denegrir a “obra!”

Tenho saudade do Culto Profético!

Tenho saudade da Escola Bíblica Dominical! Quantas vezes acordei as quatro horas da manhã para terminar os estudos!

Tenho saudade de um púlpito onde aprendia!

Ah, como era maravilhoso fazer serenata! Tive muitas experiências! Já tive o privilégio de estar numa serenata em que o Senhor marcava com fogo as ruas que deveríamos passar! De cantar louvores em frente a uma determinada casa e a pessoa sair e dizer: era tudo que precisa ouvir, estava pedindo a Deus nesse momento por isso!”.

Mas, a minha pequena pergunta é: DEUS MUDOU O PROJETO DELE?

E a resposta é simples: NÃO.

E o que aconteceu?

Vejamos:

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/06/pastor-alega-ameaca-por-membro-da-maranata-apos-postar-video-na-web.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/09/ex-secretario-do-es-e-denunciado-por-desvio-de-fundacao-da-maranata.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/08/pastor-da-maranata-e-solto-apos-55-dias-de-prisao-em-vitoria.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/08/tres-pastores-da-igreja-maranata-sao-soltos-apos-pagamento-de-fianca.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/08/justica-do-es-determina-fianca-para-liberar-pastores-da-maranata.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/07/membro-e-contador-da-igreja-maranata-deixa-prisao-no-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/03/pastores-da-igreja-maranata-presos-por-coacao-sao-soltos-no-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/07/lideres-da-maranata-sao-suspeitos-de-espionar-dissidentes-no-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/07/justica-suspende-intervencao-na-igreja-crista-maranata-no-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/06/fundador-da-igreja-maranata-e-detido-e-presbiterio-e-interditado-no-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/06/sonho-com-ameaca-de-morte-e-dom-espiritual-diz-lider-maranata.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/07/mp-es-denuncia-cupula-da-igreja-maranata-por-ameaca-e-coacao.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/06/fundador-da-maranata-deixa-presidio-e-esta-em-prisao-domiciliar-no-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/04/coronel-aposentado-da-pm-e-interventor-da-maranata-no-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/07/gravacoes-ligam-lideres-da-igreja-maranata-crimes-no-es-diz-mp.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/07/gravacoes-ligam-lideres-da-igreja-maranata-crimes-no-es-diz-mp.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/03/orgao-identifica-susposta-ameaca-maranata-em-ligacoes-telefonicas.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/03/pastores-da-maranata-depoem-ao-ministerio-publico-do-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/06/pastores-presos-agiam-na-maranata-mesmo-afastados-diz-mp-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/03/justica-do-espirito-santo-determina-intervencao-na-igreja-maranata.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/03/fieis-da-igreja-maranata-apoiam-intervencao-da-justica-do-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/05/pastores-faziam-negocios-com-igreja-maranata-no-es-diz-denuncia.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/04/justica-determina-volta-da-cupula-da-maranata-igreja-no-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/03/pastores-da-maranata-ganham-da-justica-do-es-direito-liberdade.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/05/ministerio-publico-do-es-denuncia-19-membros-da-igreja-maranata.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/04/pastores-da-igreja-maranata-movem-16-acoes-contra-rede-gazeta-do-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/03/testemunha-contra-maranata-no-es-foi-coagida-com-arma-diz-promotor.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/04/estou-do-lado-da-justica-diz-interventor-da-igreja-maranata-no-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/03/membros-da-maranata-no-es-usam-biblia-para-coacao-diz-promotor.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2012/11/justica-afasta-cupula-da-igreja-maranata-no-es.html

http://g1.globo.com/parana/noticia/2012/10/pastor-do-es-investigado-por-fraude-na-igreja-maranata-morre-no-pr.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2012/03/mp-es-abre-inquerito-para-investigar-desvio-de-dizimo-na-igreja-maranata.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2012/02/diario-oficial-aponta-que-governo-do-es-doou-dinheiro-igreja-maranata.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2012/02/desvio-na-maranata-no-es-inclui-gasto-de-r-941-mil-em-armarinho.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2012/02/policia-intima-presidente-da-maranata-no-es-depor-sobre-irregularidades.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2012/02/deputado-diz-que-doou-r-300-mil-fundacao-da-maranata-no-es.html

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2012/02/igreja-maranata-processa-suspeitos-de-desvio-de-dizimo-milionario-no-es.html

http://globotv.globo.com/tv-gazeta-es/estv-2a-edicao/v/interventor-da-igreja-maranata-suspende-contratos-de-26-empresas-com-a-igreja-no-es/2576504/

http://globotv.globo.com/tv-gazeta-es/estv-1a-edicao/v/pastor-da-igreja-maranata-do-es-investigado-por-fraude-morre-em-acidente/2217913/

http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/01/noticias/cidades/1390951-maranata-bens-de-pastores-crescem-6-vezes.html

http://www.youtube.com/watch?v=r_eRKqiyXTo

Porque Deus mudaria o seu plano de salvação por causa desses escândalos?

Então o que realmente aconteceu com a nossa “obra”?

Fui criticado muitas vezes de dizer em púlpito que não podíamos fazer confusão entre “a obra” no sentido de igreja (CNPJ) com a “Obra de Deus”.

E agora, a Obra de Deus foi tocada com todos esses escândalos? Claro que não e nem será!

Ainda outras perguntas estão no ar:

O CNPJ tem como doutrina dois pesos e duas medidas?

Os membros do CNPJ trabalhavam na verdade para quem? Para a Obra de Deus ou para o CNPJ da igreja?

O CNPJ tem um presidente vitalício? Como pode isso?

Será que estaremos na lista das frases: assim como a Universal é do Macedo a Maranata é do Gildeti?

Será que esses irmãos envolvidos nesses escândalos tem direito de voltar às suas funções como se nada tivesse acontecido?

Como ficarão as opiniões daqueles que querem a “velha igreja” novamente? E será possível ter a igreja com as mesmas doutrinas novamente?

Como os bens dos envolvidos cresceram tanto e tão rápido?

Que credibilidade terão os envolvidos ao subirem num púlpito para falar a palavra de Deus?

Todos nós precisamos meditar em alguns textos orientativos da Palavra de Deus:

I Coríntios 5,11

“Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o qual nem ainda comais.

I Coríntios 11, 19

“Até importa que haja entre vós heresias, para que os que são sinceros se manifestem entre vós.

Jeremias 5, 26-31

No meio do meu povo, existem homens maus. São como as pessoas que armam arapucas para pegar passarinhos; mas as armadilhas deles são para pegar gente. Assim como uma gaiola está cheia de pássaros, também a casa deles está cheia de coisas roubadas. É por isso que são poderosos e ricos e estão gordos e bem alimentados. A maldade deles não tem limites; não defendem a causa dos órfãos, nem se importam com os direitos dos pobres. Mas eu os castigarei por causa disso e me vingarei desta nação. Sou eu, o Senhor, quem está falando. Uma coisa horrível, espantosa está acontecendo na terra: os profetas não falam a verdade, e, apoiados por eles, os sacerdotes dominam o povo. E o meu povo gosta disso. Porém o que é que eles vão fazer quando essa situação chegar ao fim?”

Voltar ao ninho sujo jamais

cobra_no_ninho_16d3d1ea5676c3816efb8d4554ac4751_big

O bode velho e a quadrilha mercenária andam vomitando por ai que o Pastor Paulo Sousa que saiu do ninho fedorento quer voltar.

Por que esse caras acham que quem sai quer voltar para o ninho sujo? Quem descobre as falcatruas e maldades desse cara jamais volta, alias nem lembra desse triste passado!

Os puxa sacos dos ladroes estão por ai espalhando isso!

Quem sai, sai para a liberdade em Cristo e nao volta jamais para aquele lugar.