Irmãos que estiveram presentes no 5º período no Maanaim de Queluz contam que o Pr. Maurílio disse aos presentes: – não conversem com os que saíram da igreja, pois, o Espírito Santo não habita mais em seus corações.

 snapshot 132. 

As maranacutaias palacianas continuam.

Crente bom é icemista [ic(e)m+ista – designando membros da ICM-PES] cego, formatado, iludido, mudo, obediente e surdo. Facilmente instigado às constantes convocações nos encontros nos Maanain’s e pagando seguro. Ignorante quanto à finalidade deste estipêndio e sem nunca ser instruindo quanto à apólice e seguradora.Em artigos e insistentes postagens registramos protestos sobre esse assunto.

Nada de respostas.

Os negócios nebulosos correm soltos.

Pouca-vergonha!!!

A Maranata entrou em um beco sem saída, graças às manobras e maranacutaias palacianas doVPC da SOC.

Além do ex-secretário Anselmo Tozi e a pessoa jurídica da Fundação Manoel dos Passos Barros, foram denunciados ex-conselheiros da entidade (Marildo Pagotto Cozer, Gilberto Ribeiro dos Santos, Marco Antônio Lopes Olsen, Luiz Eugênio do Rosário Santos, Marcos Motta Ferreira, Antonio Tarcísio Corrêa de Mello e Renato Duguay Siqueira) e a ex-subsecretária de Saúde, Maria de Lourdes Soares – esta que teria sido responsável pela aprovação de uma das contas prestadas pela fundação. Mais denúncias envolvendo pastores da Maranata.

A dinheirama das ofertas voluntárias do mês de outubro de 1986 foi parar em contas bancárias de: Altair Cabral, Antônio Carlos Peixoto, Élcio Conrado Ramos, Gerson Beluci Miguel, José Robson de Santana Baeta, Mauro Teixeira Nunes e Otávio Oliveira de Souza; mas o coletado na Grande Vitória foi entregue – em mãos – na sede do Presbitério. CAIXA DOIS!!! A Maranata e a arte da avareza dos fariseus. Coisas da banda podre.

“Fico observando e lendo as reportagens e vejo que o MP-ES e a Polícia Federal deveria sim fazer uma investigação mais detalhada em todas as sedes estaduais porque creio eu que se houve todo isso na Matriz que dirá nas filiais ou seja o MP-Federal deveria entrar nisso a nível federal e trazer a tona toda a sujeira escondida atrás do nome da igreja e com tudo isso Deus os trará a juízo todos os envolvidos por terem sacrificado a vida de muitas ovelhas em seus banquetes, de terem manchado o evangelho, e matando a fé e a salvação de muitos.”

A ação estupefaciente e falaz manipulou os beatos e bobos da corte com o falso profetismo e cada formatado adquiriu a mentalidade de Obra sem que jamais conseguissem ver a realidade A OBRA mas agem como servos da Obra  e assim gostam de ser considerados. Conduta inconsciente.Freud explica.

A ardilosa linguagem do não-pensamento  (LNP)  influiu de forma a introjetar a ideologia Obra como forma de vida. Aquele que começa a despertar do estupor do gedeltismo logo percebe que a noite já chegou para os icemistas.

Depois de tudo que já foi denunciado e provado eles ainda acham que o Espírito Santo é propriedade da ICM-PES e continua habitando em meio a essa podridão. Nessa fábrica de meia-solas saem ungidos com a capacidade de impor obediência ao gedeltismo e oferecer resistência ao Espírito de Cristo Jesus .

Irmãos que estiveram presentes no 5º período no Maanaim de Queluz contam que o Pr. Maurílio disse aos presentes: – não conversem com os que saíram da igreja, pois, o Espírito Santo não habita mais em seus corações.

Meia-solas que se prezam carregam a mesma carga de ódio e preconceito religioso que o pai deles.

fanático instigado pelo ódio religioso é muito perigoso.

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/09/snapshot-news-iv/#more-5292

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s